O ser humano é extremamente visual e essa condição define sobre o que iremos ou não investir. Ao desenvolver um projeto de arquitetura ou de interiores sabemos da preocupação e cuidado com a sua estética e todas as fases que o envolvem, porém, mesmo sendo uma das etapas finais, a fotografia do projeto não é a menos importante e deve ser considerada desde o princípio.

Se a fotografia for amadora não irá fornecer o aspecto profissional desejado e poderá levar à repercussão negativa, assim, considerar um profissional para realizar a fotografia de interiores é de suma importância para alcançar o resultado pretendido.

Pensando nisso separamos 3 dicas importantes, que vão além da divulgação do seu trabalho, para incentivá-lo a investir na fotografia profissional de interiores. Confira a seguir:



1. Virtual ou físico, monte um portfólio

Tanto para designers de interiores quanto para arquitetos o portfólio é um instrumento praticamente obrigatório e, esteticamente falando, é indispensável que possua uma boa fotografia. O primeiro contato estabelecido com o cliente será através dele, e é essencial que nele estejam os melhores trabalhos que representem a sua personalidade e expertise.

A contratação de um especialista em fotografia de interiores enriquecerá o portfólio valorizando sua composição e conferindo uma aparência mais profissional. Um bom conteúdo é capaz de conquistar clientes, parcerias e se torna um modo de fidelizar aqueles que já possui.

 

2. Use as fotografias de interiores como estratégia mercadológica

A internet é uma ótima ferramenta de trabalho se bem utilizada e diversas técnicas de marketing digital foram criadas para contribuir na divulgação de marcas, tornando-as atrativas e reconhecidas pelo público. Em se tratando de interiores, a divulgação do processo finalizado é uma medida eficiente para se obter atenção de clientes e novos projetos. O olhar do fotógrafo especializado em fotografia de interiores auxilia na promoção de uma imagem harmoniosa e idônea, além de oferecer um bom material para criação de um banco de fotos que poderá alimentar as redes sociais.

 

3. Produza conteúdos como forma de promoção virtual

Um modo eficiente de se demonstrar know-how é criando um site ou blog com conteúdo exclusivo que pode, por exemplo, abordar dicas ou tendências do mercado, ou detalhar o processo de criação de um projeto. É um meio de se destacar no mercado e não exige alto custo, a estética das imagens pode ser o diferencial que envolve o leitor, que se tornará um potencial cliente.

Usar fotos de projetos autorais confere profissionalismo e credibilidade, o banco de imagens citado na dica anterior é uma ótima pedida e evita também que sofra processos judiciais por utilizar material alheio. O uso de fotografia de interiores bem feita e editada, junto a um bom conteúdo são as chaves para que o material seja bem visto e aceito!

 

O diferencial das fotos estará no profissional que a fez, se o objetivo é se destacar e ser referência busque sempre por um especialista que possua um ótimo portfólio e experiência em fotografia de interiores, ele saberá evidenciar o projeto e sanar possíveis dúvidas.

Tem alguma dúvida sobre as dicas abordadas? Utiliza algum dos métodos citados? Conte nos comentários!